"Ser criativo nem sempre é inovar, às vezes significa olhar para trás e trazer o conhecido de forma inesperada." - Alex Atala
“Nothing is more interesting than that something that you eat.” - Gertrude Stein - Gastronomica-The Journal of Food and Culture
Mantemos um senso comum com relação a higiene medieval que generalizou-se como verdade, porém as pessoas na Idade Média se banhavam sempre que possível e tentavam se manter limpas.
Hoje como antigamente o cuidado com a limpeza na cozinha e na higienização dos alimentos é um procedimento de extrema importância: lave bem as mãos antes de usar a cozinha; limpe os utensílios que irá usar, peças de equipamentos e local de trabalho; higienize corretamente dos vegetais - legumes, hortaliças e frutas. E NÃO lave as carnes.

sexta-feira, outubro 04, 2013

ERVILHAS COZIDAS NO LEITE

Durante a Idade Média europeia, as ervilhas secas tiveram um importante papel devido sua facilidade do cultivo e capacidade de conservação, com isso, acabaram se tornando um dos alimentos básicos dos camponeses, principalmente no inverno, sendo cobiçada entre os pobres da Europa por ser barata, saciar a fome e fornecer bom aporte de proteínas. Carlos Magno Rei dos Francos (768–814) e o Imperador do Ocidente (800–814), conhecido como Carlos o Grande, era um admirador desse alimento, chegando ter plantações em seus domínios.
Até o século 13, a ervilha se tornou muito comum na França, mas a partir do século 14, os italianos cultivaram uma espécie diferente, menor e chamavam-na de Piselli Novelli que eram consumidas frescas. Quando Catarina de Médici casou com Henrique II da França em 1533, ela mudou-se para França levando junto suas tradições da comida italiana, dentre elas, as receitas com a Piselli Novelli, que por serem pequenas, os franceses chamaram-na de petit-pois, nome que os franceses mantém até os dias de hoje.

INGREDIENTES

- 1000 ml de leite integral
- 1 colher de sopa de gengibre picado
- 1/4 colher de chá de açafrão
- 500 g de ervilhas frescas

PREPARAÇÃO

Aqueça o leite para ferver lentamente, misture gengibre, açafrão, adicione as ervilhas. Continue a cozinhar e mexa até que as ervilhas estejam macias.

OBS.:
Depois de pronta ela pode ser consumida inteira ou reduzi-la a puré com um pouco de leite.

Nenhum comentário: