----------------------------------------------- */ ----------------------------------------------- */
"Ser criativo nem sempre é inovar, às vezes significa olhar para trás e trazer o conhecido de forma inesperada." - Alex Atala
“Nothing is more interesting than that something that you eat.” - Gertrude Stein - Gastronomica-The Journal of Food and Culture
Mantemos um senso comum com relação a higiene medieval que generalizou-se como verdade, porém as pessoas na Idade Média se banhavam sempre que possível e tentavam se manter limpas.
Hoje como antigamente o cuidado com a limpeza na cozinha e na higienização dos alimentos é um procedimento de extrema importância: lave bem as mãos antes de usar a cozinha; limpe os utensílios que irá usar, peças de equipamentos e local de trabalho; higienize corretamente dos vegetais - legumes, hortaliças e frutas. E NÃO lave as carnes.

sexta-feira, janeiro 23, 2015

LICOR DE CANELA DO LANGUEDOQUE

Para fazer 1 US quart (946.35ml) deste hipocraz à maneira utilizada em Languedoque-RossilhãoBéziers, Carcassonne ou Montpelier, leve cinco (5) dracmas (8,86 g - 1/8 de onça) de canela escolhida e limpa, selecione gengibre branco descascado, três dracms (5,32 g): de cravo, macis, galanga, noz-moscada, nardo, para completar uma dracma e um quarto de dracmas (2,21 g); colocando mais do primeiro (cravos), e cada vez menos dos outros ingredientes. 
Moer até pó, e acrescentar metade de uma libra (226 g) de açúcar em pedra triturado, e misturar com as referidas especiarias; o vinho e o açúcar derretido estão em uma vasilha sobre o fogo. Adicione o pó e misture; em seguida, passe pelo coador e refaça (coe) quantas vezes for necessario até que o liquido saia vermelho claro. Note-se que a canela e o açúcar deve dominar.





Le Menagier de Paris

Fonte:
A Idade Média à Mesa - Bruno Laurioux
Editor: Publicações Europa-América

Nenhum comentário: