"Ser criativo nem sempre é inovar, às vezes significa olhar para trás e trazer o conhecido de forma inesperada." - Alex Atala
“Nothing is more interesting than that something that you eat.” - Gertrude Stein - Gastronomica-The Journal of Food and Culture
Mantemos um senso comum com relação a higiene medieval que generalizou-se como verdade, porém as pessoas na Idade Média se banhavam sempre que possível e tentavam se manter limpas.
Hoje como antigamente o cuidado com a limpeza na cozinha e na higienização dos alimentos é um procedimento de extrema importância: lave bem as mãos antes de usar a cozinha; limpe os utensílios que irá usar, peças de equipamentos e local de trabalho; higienize corretamente dos vegetais - legumes, hortaliças e frutas. E NÃO lave as carnes.

terça-feira, outubro 13, 2015

Bolo de Noivos

Tudo começou na Roma antiga quando os romanos produziam um tipo de bolo recheado de frutas secas, mel e nozes. Esse bolo, em um casamento romano, era ”rasgado” sobre a cabeça dos noivos e quanto mais farelos caíssem sobre os noivos, mais prosperidade eles iriam ter!

Na Idade Média, cada convidado levava um pedaço de bolo e colocava empilhado em uma mesa no casamento, para que os noivos se beijassem por cima dessa torre de bolo para atrair muita fartura e sorte em suas vidas.

INGREDIENTES

450 g de farinha
450 g de manteiga
60 ml de água
3 g de bicarbonato de sódio
10 ovos
60 g de açúcar mascavo
200 g groselhas
200 g passas
100 g de tâmaras
100 g de cidra
120 ml de melaço
120 g nozes esmagado
QB noz-moscada
QB macis
QB canela
QB cravo esmagado 

PREPARAÇÃO

Bata a manteiga, ovos e açúcar.
Adicione a água e melaço.
Peneire a farinha, bicarbonato de sódio e especiarias e adicione à massa lentamente.
Adicione as groselhas, uvas passas e a cidra.
Adicione as outras ervas e especiarias.
Despeje em forminhas preparadas e asse em forno lento (120-150 C°) até o palito inserido  na massa saia limpo. Tempo irá variar de 40 a 50 minutos, de acordo com o forno.

Nenhum comentário: