"Ser criativo nem sempre é inovar, às vezes significa olhar para trás e trazer o conhecido de forma inesperada." - Alex Atala
“Nothing is more interesting than that something that you eat.” - Gertrude Stein - Gastronomica-The Journal of Food and Culture
Mantemos um senso comum com relação a higiene medieval que generalizou-se como verdade, porém as pessoas na Idade Média se banhavam sempre que possível e tentavam se manter limpas.
Hoje como antigamente o cuidado com a limpeza na cozinha e na higienização dos alimentos é um procedimento de extrema importância: lave bem as mãos antes de usar a cozinha; limpe os utensílios que irá usar, peças de equipamentos e local de trabalho; higienize corretamente dos vegetais - legumes, hortaliças e frutas. E NÃO lave as carnes.

sexta-feira, abril 21, 2017

ESTUFADO DE COELHO

"A consideração da maior parte dos autores é de que o coelho se originou na península Ibérica, mais precisamente na Espanha. Apesar disso, o julgamento de outros autores é de que o seu berço é a África. Outros ainda, o sul da Europa. A opinião dos que têm como consideração de que a África é o berço do coelho, se refere à sua transferência para a Europa. Existem, aqueles que se espalham nas regiões montanhosas da Arábia, Síria e Palestina, um animal que se parece muito com o coelho: ele se chama "sphan". De maneira provável, isso tem levado os Fenícios a darem a denominação de "sphania". O termo "sphania" tem o significado de costa dos coelhos. A costa dos coelhos, atualmente Espanha, foi a região onde ocorreu o desembarque dos fenícios. A origem do nome Espanha vem do fato de que muitos desses animais foram encontrados pelos fenícios." [W]

INGREDIENTES

ESTUFADO DE COELHO OU FRANGO
COM ERVAS E SALVIA
900 g – 1350 g de coelho (pedaços) ou de frango
450 g de alho-poró (lavado, cortado e fatiado)
450 ml de água
180 g de cevada
60 g de manteiga
45 ml de vinagre de vinho tinto
15 folhas de sálvia, picadas
4 dentes de alho picados finamente
2 folhas de louro
Sal
Pimenta

PREPARAÇÃO

Derreta a manteiga em uma panela grossa e frite a carne com alho-poró e o alho até que os legumes estejam ligeiramente transparentes e a carne levemente dourada. Adicione a cevada, a água, o vinagre, as folhas de louro, o sal e a pimenta.

Leve a panela para ferver. Tape-a e deixe cozinhar suavemente por 1 a 1 1/2 horas ou até que a carne esteja realmente macia e pronta para soltar-se do osso. Adicione o salvia e continue a cozinhar por uns 15 minutos. Ajuste o tempero e sirva em tigelas acompanhado com pão rústico.

FONTE:

Nenhum comentário: