----------------------------------------------- */ ----------------------------------------------- */
"Ser criativo nem sempre é inovar, às vezes significa olhar para trás e trazer o conhecido de forma inesperada." - Alex Atala
“Nothing is more interesting than that something that you eat.” - Gertrude Stein - Gastronomica-The Journal of Food and Culture
Mantemos um senso comum com relação a higiene medieval que generalizou-se como verdade, porém as pessoas na Idade Média se banhavam sempre que possível e tentavam se manter limpas.
Hoje como antigamente o cuidado com a limpeza na cozinha e na higienização dos alimentos é um procedimento de extrema importância: lave bem as mãos antes de usar a cozinha; limpe os utensílios que irá usar, peças de equipamentos e local de trabalho; higienize corretamente dos vegetais - legumes, hortaliças e frutas. E NÃO lave as carnes.

FILMES MEDIEVAIS

A Idade Média é o período compreendido entre o fim do Império Romano (Idade Antiga) e o início das grandes navegações, com a chegada à América e, também, a queda de Constantinopla, que deram início à Idade Moderna. Os cerca de mil anos foram marcados pela disseminação (e jugo) do cristianismo e por batalhas que deram a Europa boa parte da sua divisão geo-política atual. Deste período, as Cruzadas e a peste negra foram os fatos mais explorados pelo cinema.

Esta lista traz 10 filmes passados na Idade Média, procurando dar um panorama geral da época, mas estejam à vontade para sugerir outros títulos. 


1.  Ladyhawke, o Feitiço de Aquila (começo a lista com esta encantadora fantasia romântica sobre um casal impedido de viver seu amor, por uma maldição lançada pelo bispo de Aquila, onde ele - Rutger Hauer -, durante as noites, se transformava num lobo e ela - Michelle Pfeiffer -, durante os dias, se transformava num falcão, jamais se encontrando sob a forma humana. com a ajuda de um prisioneiro - Matthew Broderick -, que escapou das muralhas. e passando por grandes batalhas e aventuras, o casal vai tentar acabar com a maldição)


2.  O Leão no Inverno (no natal de 1183, o rei Henry II - Peter O'Toole - reúne os 3 filhos e a esposa - Katharine Hepburn -, no castelo, onde ela está isolada há anos, para não interferir no seu reinado. a razão do encontro é decidir quem irá sucedê-lo no trono inglês. rei e rainha têm seus preferidos, mas os filhos farão alianças e intrigas, onde tudo o que interessa é o poder)


3.  Cruzada (no século 12, um bastardo ferreiro francês - Orlando Bloom - torna-se cavaleiro e barão de um feudo na terra santa, por obra de seu pai nobre. após sua morte, ele vai para Jerusalém, numa cruzada, tomar posse de seu feudo. no caminho enfrenta e mata um experiente guerreiro mulçumano. excelente recriação de época de Ridley Scott)


4.  El Cid (Charlton Heston interpreta o lendário herói espanhol na luta contra os invasores mouros no século 11 e seus esforços pela unificação da Espanha. grandes cenas de batalhas e ótima reconstituição de época num épico de Hollywood)


5.  Os Contos de Canterbury (o menos famoso dos filmes da "trilogia da vida" de Pier Paolo Pasolini, foi gravado em locações na Inglaterra, embora seja falado em italiano. baseado nos contos do poeta Chaucer, do século 14, começa com uma peregrinação a Canterbury, onde os componentes contam suas divertidas histórias envolvendo sexo, escatalogia e crítica à igreja. ótima trilha de Ennio Morricone, direção de arte de Dante Ferretti e figurinos de Danilo Donati e sequências com inspiração no pintor Hyeronimus Bosch)


6.  A Lenda da Flauta Mágica (no verão de 1349, a peste negra atinge Hamelin, no norte da Alemanha. um grupo de menestréis chega para o casamento da filha do prefeito. um dos menestréis, um flautista, se oferece para atrair os ratos, com sua música, para fora da cidade, mas o prefeito desiste de contratá-lo. um boticário judeu procura a cura para a praga, mas é acusado de magia pelos padres. ganância, corrupção, ignorância e a doença vão destruir a cidade. filme americano do francês Jacques Demy, baseado na famosa lenda do flautista de Hamelin)


7.  Joana d'Arc (nascida em 1412, na França, Joana ainda jovem desenvolveu uma forte religiosidade. a guerra dos cem anos com a Inglaterra se prolongava desde 1337. ela então tem uma visão, que a impele a liderar os franceses numa missão divina de libertar o país dos ingleses. mas isso é o começo do seu fim. escolhi a versão de Luc Besson, estrelada por Milla Jovovich, mas existe uma ótima versão com Ingrid Bergman)


8.  Conquista Sangrenta (um bando de mercenários medievais, decide vingar-se de um nobre que não os pagou, raptando sua a noiva de seu filho. como a peste e a guerra deixaram um rastro de destruição por toda a terra, invadem o castelo, expulsam seus ocupantes e ficam a espera do seu destino. aventura violenta de Paul Verhoeven, estrelada por Rutger Hauer)


9.  O Retorno de Martin Guerre (na França da era medieval, um soldado - Gerard Depardieu, volta para casa, depois de passar vários anos na guerra. ninguém mais no seu vilarejo o reconhece e começam a desconfiar que ele não é quem diz ser. ótimo filme de Daniel Vigne)


10.  Coração Valente (o filme retrata a vida do herói escocês William Wallace, que no final do século 13, uniu seus compatriotas para enfrentar os exércitos ingleses e os senhores feudais, para libertar a Escócia. ganhador de 5 Oscars, incluindo filme e diretor para Mel Gibson)


Para além podemos listar os figurativos desta época.



IVANHOÉ, O VINGADOR DO REI, 1952.
O cavaleiro medieval Ivanhoé enfrenta os inimigos do Rei Ricardo Coração de Leão. 106 min.

EL CID, 1961. 
História do legendário cavaleiro cristão que enfrenta os invasores mouros na Espanha. 184 min.

EM NOME DE DEUS, direção Clive Donner.
Amor a primeira vista que se desdobra em adoração irreverente e inconseqüente, entre um mestre de teologia com votos de castidade e uma bela mulher erudita da aristocracia do século XII. Uma estória de amor e lealdade, paixão e desafio e uma espantosa e terrível vingança. 

O NOME DA ROSA, direção Jean-Jacques Annaud, baseado no romance de Umberto Eco.
O ano 1327, representantes da Ordem Franciscana e a Delegação Papal se reunem num monastério Benedictino para uma conferência. Mas a missão deles subitamente ofuscada por uma série de assassinatos. Utilizando sua brilhante capacidade de dedução o monge Franciscano Willian de Baskerville, auxiliado pelo seu noviço Adso de Melk, se emprenha para desvendar o mistério.O monastério é visitado pelo seu antigo desafeto, o Inquisidor Bernardo Gui, que está determinado a erradicar a heresia através da tortura. Mas à medida que Bernardo Gui se prepara para acender a fogueira da Inquisição, Willian e Adso voltam à biblioteca labirintesca e descobrem uma verdadeira e extraordinária trama. 130 min. 

SENHOR DA GUERRA, 1965. 
As relações de poder na Idade Média se revelam nesta história,ambientada no Norte da França, que fala sobre um cavaleiro a serviço do Duque da Normandia. 123 min.

O INCRÍVEL EXÉRCITO DE BRANCALEONE, 1965, direção de Mário Monicelli. 
Ótima sátira sobre a Idade Média e cavaleiros medievais. 90 min. 

O SÉTIMO SELO, 1957, Ingmar Bergman
Neste conto moral um cavaleiro medieval, de volta  das Cruzadas, joga xadrez com a morte. Carregado de belas e gélidas imagens em preto e branco, derivadas dos afrescos religiosos da Idade Média. 

AGONIA E ÊXTASE, 1965.
Baseado no romance de Irving Stone. Conta os conflitos entre o artista renascentista Michelângelo e o seu protetor, o Papa Júlio II. 140 min.

GIORDANO BRUNO, 1973. 
Filme biográfico sobre um dos precursores da  ciência moderna, o filósofo, astrônomo e matemático Giordano Bruno, queimado vivo pela Inquisição. Bela e real reconstituição da época. 123 min. 

1492 - A CONQUISTA DO PARAÍSO, direção Ridley Scott
O filme trata das duas primeiras viagens que se tornaram um marco na vida desse almirante e nos leva a terceira a última etapa da deslumbrante aventura. Bravura cegueira, triunfo, desespero e a arrogância do Velho Mundo, em contraste à inocência do Novo Mundo, sucedem nesta ordem, uma história por poder e paixão. 150 min.